Ano Bíblico 2020 – 184º Dia – Dando com Alegria – 2 Coríntios 9. 6 – 7

Leitura bíblica: 2 Coríntios 9: 6 – 7

“E isto afirmo: aquele que semeia pouco também colherá pouco; e o que semeia com fartura também colherá com fartura. Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade, porque Deus ama quem dá com alegria.”

O Livro de 2 Coríntios

Por George Knight – Caminhando com Jesus no Monte das Bem Aventuranças

E uma lei natural. Se você não planta sementes, não pode ter uma colheita. Se planta apenas algumas sementes, terá apenas uma pequena colheita. Se planta muito, pode esperar colher muito.

Paulo está nos dizendo que a mesma lei funciona também na esfera espiritual. Os que são mesquinhos para com Deus e para com os outros podem esperar poucas bênçãos em comparação a outros que são mais generosos. A generosidade é contagiosa, e influenciamos os que estão ao nosso redor, inclusive nossos filhos. Se perceberem que somos pães-duros, a tendência deles será crescer pães-duros e mesquinhos. O que semeamos e como semeamos produz seus efeitos à medida que nossa influência irradia através do espaço e do tempo.

Deus não quer apenas que demos e demos secretamente (conforme vimos nos dias anteriores), mas quer que contribuamos com alegria.

Uma de minhas histórias bíblicas favoritas sobre dar com alegria é a história da viúva que depositou duas pequenas moedas no tesouro do templo. O valor monetário de sua oferta era extremamente pequeno, contudo, Jesus, “chamando os Seus discípulos, disse-lhes: Em verdade vos digo que esta viúva pobre depositou no gazofilácio mais do que o fizeram todos os ofertantes. Porque todos eles ofertaram do que lhes sobrava; ela, porém, da sua pobreza deu tudo quanto possuía, todo o seu sustento”. Mar. 12:43 e 44-

Sua oferta foi reconhecida no Céu porque seu coração estava nela. Ela era uma pessoa que dava com alegria. Isto é o que Deus quer de cada um de nós. Ele quer que contribuamos de coração. Mais importante do que a quantidade é o espírito com que damos nossas ofertas.

O próprio propósito de dar é tornar-nos mais semelhantes a Deus, o Pai, e Jesus, o Filho, os quais deram de Si para que fôssemos abençoados, tanto neste mundo como no mundo por vir. Deus deseja que eu dê com alegria.

Você pode ver o Ano Bíblico 2020 completo aqui

Tags , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *