Ano Bíblico 2020 – 256° Dia – Gostamos de nos Preocupar – Mateus 6:25

Leitura Bíblica: Mateus 6:25

“— Por isso, digo a vocês: não se preocupem com a sua vida, quanto ao que irão comer ou beber; nem com o corpo, quanto ao que irão vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e não é o corpo mais do que as roupas?”

O Livro de Mateus

Por George Knight – Caminhando com Jesus no Monte das Bem Aventuranças

“Minha vida foi cheia de terríveis infortúnios, a maioria dos quais jamais aconteceu.” Essas palavras do filósofo Montaigne expressam bem a situação humana. Gostamos de nos preocupar. Na verdade, quando não temos algo importante com que nos preocupar, passamos a ficar ansiosos com insignificâncias. Todos somos, muitíssimas vezes, como a senhora que declarou: “Sempre me sinto mal quando estou bem, pois sei que vou me sentir mal pouco tempo depois.”

Lamentavelmente, a ansiedade cobra um preço muito alto dos ansiosos. Os antigos militares chineses tinham uma forma especial de torturar seus prisioneiros. Amarravam-lhes as mãos e pés e os punham sob uma bolsa de água que ficava gotejando… gotejando… gotejando, dia e noite. Essas gotas d’água caindo incessantemente na cabeça do condenado se tornavam como o som de golpes de martelo e acabavam o enlouquecendo.

A preocupação é como o pingar incessante da água. O gotejar constante da preocupação enfraquece as energias vitais de homens e mulheres, provocando neles consequências como úlceras, doenças cardíacas, insanidade e suicídio. Os hospitais estão cheios de pessoas que sucumbiram sob o peso esmagador da preocupação e da ansiedade. A preocupação é um assassino, tanto direta quanto indiretamente.

O Sermão do Monte enfrenta o problema da preocupação de frente, e aquilo que ele recomenda ainda forma o fundamento de alguns dos mais úteis conselhos sobre o assunto na área médica, psicológica e espiritual. Jesus trata desse problema em Mateus 6:25-34- Nos próximos dias vamos examinar Seu conselho e procurar aplicá-lo a nossa vida.

Ao examinarmos esse conselho, precisamos ter em mente o fato de que Deus está interessado em nossa vida diária. Está interessado na qualidade de nossa vida. Ele quer que ela seja mais abundante por causa de nossa fé.

Obrigado, ó Deus, por Te importares hoje comigo. Agradeço-Te por não quereres para mim apenas o que é bom, mas o que é melhor. Eu Te amo, ó Senhor.

Leitura Complementar:

Capítulo 4 – A Verdadeira Motivação

Você pode ver o Ano Bíblico 2020 completo aqui

Tags , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *