Descoberta Empolgante

CPB – Aqui você encontra mais livros sobre a história do Adventismo

“Então fui ao anjo, pedindo-lhe que me desse o livrinho. Ele, então, me falou: — Pegue o livrinho e devore-o. No seu estômago ele será amargo, mas na sua boca será doce como mel.” Apocalipse 10:9

Apocalipse 10 é um interlúdio fascinante entre a sexta e a sétima trombetas. O soar da sétima trombeta está relacionado aos acontecimentos do segundo advento, quando “o reino do mundo se tornou de nosso Senhor e do seu Cristo, e Ele reinará para todo o sempre” (Apocalipse 11:15, NVI).

O ponto central do capítulo 10 é o “livrinho”. No versículo 2, o tempo verbal indica que ele será aberto no fim dos tempos. O Antigo Testamento nos fala somente de um livro que ficaria selado até o tempo do fim: “Tu, porém, Daniel, encerra as palavras e sela o livro, até ao tempo do fim; muitos o esquadrinharão, e o saber [sobre o livro de Daniel] se multiplicará” (Daniel 12:4).

É interessante constatar que o livro de Daniel só tem duas partes nas quais se afirma explicitamente que permaneceriam seladas até o tempo do fim. Uma delas está ligada à profecia dos 1.260 anos no capítulo 12 (ver v. 7-9). A outra é Daniel 8:26, versículo em que lemos: “A visão das tardes e das manhãs que você recebeu é verdadeira; sele porém a visão, pois refere-se ao futuro distante” (NVI). Joyce Baldwin observa que “o motivo para Daniel ter mantido seladas suas duas últimas visões é que elas ainda não eram relevantes (8:26; 12:9)”.

Como Leon Wood destaca em seu comentário sobre Daniel: “uma vez que a única menção”, no capítulo 8, “à tarde e manhã é feita no versículo 14, a referência [no v. 26] deve ser às 2.300 tardes e manhãs.” Também é importante notar que Gabriel diz duas vezes na visão do capítulo 8 que ela se estenderia até o “tempo do fim” (v. 17, 19). Na explicação do anjo, três dos quatro símbolos de Daniel 8 se cumpriram na história (v. 20-25) e apenas um deles (as 2.300 tardes e manhãs) é deixado para se cumprir no tempo do fim (v. 26).

Miller observou essas coisas. Por isso, pôde apresentar uma linha do tempo no periódico Signs of the Times [Sinais dos Tempos], de maio de 1841, na qual Apocalipse 10 havia se cumprido com o livrinho sendo aberto. Realmente sua abertura foi doce como o mel. “Nem preciso expressar a alegria que encheu meu coração diante da maravilhosa perspectiva” do breve retorno de Jesus.

A mensagem do livrinho foi recebida com doçura. Todavia, Miller, como a maioria de nós, apegava-se às partes da profecia que imaginava compreender e pulava todo o resto. Assim, ele não chegou à conclusão de que a abertura das profecias do livrinho terminaria trazendo amargura e desapontamento (Apocalipse 10:8 – 10).

Senhor, ajuda-nos a aprender a ler com ambos os olhos abertos.

Você pode ver aqui os outros dias dessa meditação

Recomendamos:

Quando Tudo Começa Errado – BC 1

Tags , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *