Ano Bíblico 2020 – 175º Dia – O Quarto Passo – Mateus 6:1

Leitura Bíblica: Mateus 6:1

“— Evitem praticar as suas obras de justiça diante dos outros para serem vistos por eles;  porque, sendo assim, vocês já não terão nenhuma recompensa junto do Pai de vocês, que está nos céus.”

O Livro de Mateus

Por George Knight – Caminhando com Jesus no Monte das Bem Aventuranças

Com Mateus 6:1 chegamos a outro dos grandes versículos de transição do Sermão do Monte. Durante os seis meses que ficaram para trás, estudamos o capítulo 5 de Mateus. Esse capítulo nos apresentou três grandes elementos na formação de uma vida cristã. O primeiro foram as Bem-aventuranças (Mat. 5:3-12), que representam os traços de caráter que todo cristão deve ter. O segundo foi o testemunho cristão, dos versículos 13 a 16. Depois, o ensino extremamente valioso dos versículos 17a 48, nos quais Jesus apresentou em detalhes a justiça cristã.

Em Mateus 6 Jesus continua, aparentemente, a falar sobre a justiça cristã. Mas, enquanto Mateus 5:17-48 trata da justiça moral, a primeira metade do capítulo 6 apresenta o que se poderia chamar de justiça “religiosa”.

A primeira parte do capítulo trata de três áreas da piedade pessoal: a esmola, a oração e o jejum. Visto serem esses atos comuns na piedade judaica, Jesus utiliza essas áreas para ilustrar princípios aplicáveis a todos os atos da piedade religiosa. Em outras palavras, esses três atos exemplificam mais a piedade do que uma exaustiva lista de práticas cristãs.

Note que Jesus não ordena essas atividades. Ele simplesmente diz: “Quando deres esmola…”, “Quando orares…” Supõe-se que esses atos sejam praticados pelos cidadãos do reino dos Céus. Esse é um fato curioso, já que uma de Suas três ilustrações – o jejum – caiu em desuso entre os cristãos evangélicos, sendo até mesmo considerado, por alguns, perversão da Idade Média.

Orar, jejuar e dar esmolas. O que têm eles em comum? Todos são ilustrações de atos de piedade; todos são atos devocionais que os cristãos praticam em seu relacionamento com o Deus do Céu. Essa é a razão por que devemos pensar em Mateus 6:1-18 como “a piedade do cristão”.

Ao procurarmos praticar os importantes atos de devoção, que integram a vida cristã, dá-nos hoje a Tua ajuda, ó Pai.

Leitura Complementar:

Capítulo 4: A Verdadeira Motivação Capítulo 4

Você pode ver o Ano Bíblico 2020 completo aqui

Tags , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *