Ano Bíblico 2020 – 88º Dia: Jesus Sendo Criticado – Mateus 12: 10 -14

Leitura Bíblica: Mateus 12: 10 – 14

“Achava-se ali um homem que tinha uma das mãos ressequida. Então, a fim de o acusar, perguntaram a Jesus:

— É lícito curar no sábado?

11 Ao que lhes respondeu:

— Quem de vocês será o homem  que, tendo uma ovelha, e, num sábado, esta cair numa cova, não fará todo o esforço para tirá-la dali? 12 Ora, quanto mais vale um homem do que uma ovelha! Logo, é lícito nos sábados fazer o bem.

13 Então Jesus disse ao homem:

— Estenda a mão.

O homem estendeu a mão, e ela foi restaurada e ficou sã como a outra. 14 Mas os fariseus, saindo dali, conspiravam contra ele, procurando ver como o matariam.

O Livro de Mateus

Por George Knight – Caminhando com Jesus no Monte

Jesus defendia a verdade. Essa era a fonte de todos os Seus problemas com os líderes judeus. Ele não só ensinava a verdade, mas vivia a verdade.

Os líderes judeus foram achados em falta por Jesus em pelo menos quatro pontos. Primeiro, Ele lhes censurou a falsa compreensão de Deus e da lei. Algumas pessoas pensam que o cristão nunca discorda de ninguém, que o cristão nunca critica a religião ou a crença de outras pessoas. Essa ideia certamente não vem dos Evangelhos. Jesus gentilmente, mas com firmeza, confrontava o erro onde quer que ele fosse encontrado. Isso O colocou em conflito com os escribas e fariseus.

Em segundo lugar, Jesus ensinou sobre a graça; que Deus perdoa livremente as pessoas que uma vez se rebelaram contra Ele, se elas se arrependerem. Os ensinos acerca da graça (dar às pessoas o que elas não merecem) perturbavam os fariseus e legalistas de todas as gerações.

Em terceiro lugar, Jesus não só ensinava sobre a graça; Ele a praticava quando, com intenções de resgate, Se misturava com publicanos, prostitutas e pecadores. Existe uma classe de pessoas “religiosas” em todas as gerações que veem com maus olhos essas misturas.

Por último, Jesus não tinha o tipo certo de credenciais para ser um “bom” ministro. Não possuía educação farisaica, nem fora ordenado.

Como resultado de todas essas coisas, Jesus era suspeito desde o começo, tanto entre o povo em geral como entre os líderes religiosos. Era Ele realmente ortodoxo? Como podia Ele crer no Antigo Testamento e mesmo assim ensinar e agir daquele modo?

Foi para responder a essas perguntas que Jesus afirmou, logo no início de Seu ministério, que Ele cria firmemente no Antigo Testamento e não desprezava a lei e os profetas.

A posição de Jesus sobre essas questões deve ser a minha posição. É essencial para mim, hoje, ensinar e viver a verdade conforme é encontrada na Bíblia. Ajuda-me hoje, Senhor, a viver como Jesus e ter os pensamentos dEle.

Leituras Complementares:

Como Lidar com as Emoções – por Ellen White Capítulo 4 – Lidando com o Medo

Você pode ver o Ano Bíblico 2020 completo aqui

Tags , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *